Junte-se ao grupo de assinantes e receba dicas, e-books e artigos do HypnoPlace.



Traumas: como a hipnose pode tratá-los

Uma das perguntas que recebo diariamente é: em hipnose, é possível tratar traumas da infância?

Percebo que quando as pessoas começam a me explicar os traumas que tiveram na infância, na maioria dos casos, os pais estão envolvidos.

E quando atendo pessoas com outras questões, como depressão, compulsão alimentar e baixa autoestima, percebo que o momento que desencadeou isso ocorreu na infância e também está associado aos pais.

Como Rafael Kraish diz: “os problemas dos filhos são os pais”. E por isso resolvi escrever esse artigo principalmente para você que é pai e mãe, com a intenção de te fazer perceber como os filhos são reflexos dos pais. Por isso, pare para refletir como o modo de educar, as palavras ditas por você e os exemplos dados em geral podem impactar muito a vida adulta do seu filho positiva ou negativamente.

criança triste carregando um urso de pelúcia

Fonte: Greyerbaby / Pixabay

Traumas: palavras machucam e formam feridas

Já ouvi várias vezes pais falando para os filhos: “Você é burro e feio!”, “Esse menino não tem jeito!”, “Você não aprende nunca!”, “Assim você nunca terá amigos.”, “Você me mata de desgosto.” entre outras frases.

Como você acha que uma criança se sente ouvindo isso de um pai (figura de autoridade)? E como ele vai se perceber depois de ouvir essas palavras?

Muitas vezes fomos criados e educados ouvindo isso dos pais, e por isso acabamos agindo no piloto automático, repetindo padrões de comportamento, mesmo sabendo que quando ouvíamos estas frases, ficávamos muito machucados. E o círculo vicioso é criado e não sabemos ou não conseguimos fazer de forma diferente quando temos filhos.

E quando os filhos crescem e os pais falam para seus filhos: “Eu deixei meus sonhos para trás, agora você tem que me pagar”, “Por causa de você, eu tive que parar a minha vida,agora você me deve”.

Um filho ouvindo isso, como você acha que ele se sente? Além disso, ele carrega um peso de sentimentos como culpa, tristeza.

E o que fica muito evidente através da hipnoterapia é que por amor aos pais, quando por exemplo, ouvimos que somos incapazes de fazer algo, isso se torna uma profecia autorrealizável, ou seja, o filho por ouvir aquilo repetidas vezes se acha, se sente, acredita e se torna incapaz. E incapaz também de assumir a sua própria vida, de assumir a autorresponsabilidade.

homem pensando no trauma

Fonte: Pexels

Origem dos traumas

Através da hipnoterapia, é possível se libertar de traumas e emoções negativas de forma efetiva. Em hipnose conseguimos identificar a origem que desencadeou tudo isso.

Pare para pensar, você não nasceu assim, logo isso foi aprendido, teve um início, uma causa. E a causa geralmente ocorre na infância, e assim que a causa é identificada, entendida, neutralizada e ressignificada, não há mais motivos para a nossa mente e corpo funcionar de forma desequilibrada, e a mudança ocorre.

Uma pessoa que atendi, que vou chamar de Ana, disse que foi abusada diversas vezes pelo pai até a adolescência, mas que o pai já tinha morrido e o tinha perdoado. Ela tinha insônia e sentia que o abuso dificultava o seu atual relacionamento, por que não suportava que ele a tocasse, muito menos dormir de “conchinha”.

O namorado até conversou comigo, disse que a amava e o que queria era somente dar um abraço apertado nela, sem ela “surtar”.

Fizemos a sessão de hipnoterapia, e foi visto que ela era abusada todas as noites, pois a mãe era enfermeira e trabalhava apenas no período noturno.

Através da hipnose descobri que, quando chegava a hora de dormir e a mãe ia trabalhar, o pai ia até seu quarto e começava a abraçar. Trabalhamos essas memórias, fizemos um trabalho de perdão, onde foi liberado toda uma explosão de sentimentos, como raiva, culpa, ódio, nojo, tristeza e abandono.

A nossa mente tem a função de autopreservação, ou seja, ela nos protege de perigos reais ou imaginários. No caso de Ana, a mente dela associou a noite e um abraço como algo perigoso, e desde criança não conseguia mais dormir direito, por que sabia que estaria em “perigo” se dormisse.Essa foi a forma que a mente encontrou de deixá-la em alerta, com o intuito de protegê-la.

Depois da sessão de hipnoterapia, Ana conseguiu dormir tranquilamente, passou a receber e ofertar carinho para o seu namorado e para as pessoas importantes em sua vida de forma tranquila e natural.

Durante muitos anos da sua vida carregou esse trauma, esse peso. E foi através da hipnoterapia que conseguiu se livrar de toda dor e sofrimento que há anos vinha carregando.

Infelizmente histórias como a da Ana são comuns, mas o que também é muito comum de se ver como causa (o evento que aconteceu e desencadeou o comportamento) é briga entre os pais.

Os pais discutirem e brigar constantemente na frente dos filhos é algo corriqueiro nas famílias de muitos brasileiros.

A percepção que uma criança tem e o que ela sente ao ver essas brigas, muitas vezes deixa marcas e faz com que ela carregue todas essas emoções e percepções negativas até a fase adulta.

Já atendi muitas mulheres e a maioria conta que quando criança presenciava brigas e notava a mãe chorando, muito triste e dizendo: homem não presta! Então elas se sentiam tristes, e por conta disso cresceram com a percepção de que homem não presta.

Quando essa criança cresce, a mente dela procura por padrões semelhantes com os que teve, e ela se envolve justamente com “homens que não prestam”.

Uma vez que a mente tem uma experiência associada com uma emoção negativa, como presenciar discussões dos pais, cria uma programação negativa.

Porém, da mesma maneira que criamos essas programações ruins, através da hipnose podemos transformá-las em positivas.

Pais

Crescemos ouvindo: “estude para ser alguém na vida”. Mas se queremos ter um filho, por que não ouvimos que deveríamos estudar também para saber como educar os filhos, estudar sobre a nossa mente, ler livros, fazer cursos e buscar autoconhecimento? Entenda as suas emoções, se trabalhe, pense em quantos problemas e dores podemos evitar aos filhos se fizermos isso.

pessoa escrevendo uma carta

Fonte: Engin_Akyurt / Pixabay

Carta aos pais

Se você é filho e sente que carrega traumas da infância ligados aos pais e quer se livrar desse peso, recomendo que faça uma carta, esse exercício vai te ajudar muito.

Quando se lembrar desses momentos ou sentir raiva, escreva tudo o que sente em um papel e jogue fora depois, ou então imagine os seus pais e escreva uma carta para eles, contando como eles o fizeram sentir. Seja sincero, deixe as emoções virem e depois jogue a carta fora.

Recomendo também fazer o exercício da visualização, ele funciona da seguinte forma:

  • Sente-se de forma confortável, feche os seus olhos e imagine os seus pais próximos a você. Deixe vir todas as emoções e fale como eles o fizeram se sentir, fale tudo que gostaria de falar e está guardado aí dentro.

Depois de fazer o exercício da carta ou visualização, perceba que seus pais, assim como você, são resultados da programação deles, pois muitas vezes só agiram no piloto automático, sem perceberem e sem a intenção de te causar tanta dor e sofrimento.

Pare e observe, você vai identificar que eles também carregam muita dor e sofrimento. Entenda, você não pode mudar o passado e as escolhas dos seus pais, mas pode decidir parar de sofrer, e assumir a responsabilidade por sua vida.

Então olhe para eles e fale: Eu perdoo vocês, eu me liberto do seu peso. Agora vocês estão livres e eu também!

Estes podem ser exercícios simples, mas são muito fortes, e se realizados de forma honesta e sincera, podem te ajudar bastante.

Então, se precisa de ajuda, procure um profissional competente que possa te auxiliar a se livrar de todos esses traumas que carrega, e comece a viver livre dessas emoções que não são suas, mas que você acabou assumindo para si.

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos e familiares! Caso tenha alguma sugestão de tema, deixe aqui nos comentários. 😉

Hipnoterapeuta pela OMNI Hypnosis Training Center.  Membro da National Guild of Hypnotists – NGH, especialista em Hipnose para Crianças – HypnoKids. Como hipnoterapeuta vem atuando com adultos e crianças, ajudando-os a melhorarem sua autoestima, serem mais confiantes e a despertarem o potencial que há dentro de cada um, de forma rápida e duradoura.

X