Junte-se ao grupo de assinantes e receba dicas, e-books e artigos do HypnoPlace.



Hipnose online: o tratamento realmente funciona?

A internet tomou conta da vida das pessoas, hoje fazemos absolutamente tudo pelo celular ou pelo computador: pagamos conta, nos divertimos, mandamos e-mails, namoramos, trabalhamos, estudamos e até mesmo fazemos consultas médicas através do teleatendimento. Então por que algumas pessoas têm tanta resistência em fazer terapia online? Ou ainda, fazer hipnose online?

O principal mito que alimenta esta crença é de que a terapia online seria mais ‘fraca’ do que a presencial, por não ter o contato físico, o face a face e, por conta disso, a ligação entre o terapeuta e paciente poderia ficar comprometida.  Seria esta uma realidade verdadeira?

A resposta é NÃO! Muitos estudos foram feitos comprovando a eficácia do atendimento remoto em detrimento do presencial. O próprio conselho federal de psicologia emitiu uma resolução regularizando esta modalidade. Vamos entender como isso funciona para a hipnoterapia clínica?

Hipnose e terapia

Primeiramente vamos deixar uma coisa bem clara, hipnose não é a terapia em si, mas uma ferramenta que utilizada durante a terapia; por este motivo não há porque duvidar de que ela tenha a mesma eficácia, tanto no presencial, quanto no online.

Segunda ponto: hipnose é sobre seguir sugestões. Isso significa que boa parte do resultado está muito mais na atuação do paciente do que no esforço do terapeuta em fazer acontecer, já que toda hipnose é uma auto-hipnose.

Um estudo realizado por Norcross (2002) atribui 30% do resultado da terapia ao terapeuta, 60% ao cliente e 10% está relacionado a outras contingências do processo. Isso significa que é fundamental que o cliente tenha um bom nível de confiança no terapeuta, que uma aliança seja bem construída para maximizar ainda mais o resultado do processo terapêutico.

Por último e não menos importante, na sua grande maioria, intervenções psicoterapêuticas suplantam efeito de medicação para transtornos psicológicos menos severos, sendo menos intrusivos e reduzindo a probabilidade de reincidência (Barbers, J. 20013).

Hipnose online pode ser feita através de um computador com internet

Fonte: Freepik

Hipnose online: como funciona o tratamento?

A estrutura é muito similar ao atendimento de hipnoterapia presencial, podemos, didaticamente, dividi-la em 5 etapas: avaliação para identificação do problema, dessensibilização do sintoma, ressignificação dos fatos, alavancagem de recursos internos e psicoeducação para mudança de hábitos e rotinas.

O primeiro passo é o agendamento da sessão de avaliação, nela o terapeuta irá investigar a fundo a queixa do cliente, identificar gatilhos, contextos, acontecimentos, padrões de repetição e analisar o melhor protocolo a ser utilizado de acordo com o perfil de cada pessoa.

Em seguida é feita a terapia propriamente dita, cujo número de sessões e duração variam de acordo com cada caso, abordagem técnica de cada terapeuta e principalmente por conta do ritmo e evolução de cada paciente, que é único e precisa ser respeitado.

O encerramento do tratamento é feito de comum acordo entre o paciente e terapeuta, e diferente da psicoterapia convencional acaba sendo muito mais rápido e estruturado, acelerando resultados que poderiam levar meses para serem atingidos em outro formato terapêutico.

Hipnose online pode ser feita usando um aparelho celular com internet

Fonte: Freepik

Técnicas que trazem melhor resultado para hipnose online

Muitas pessoas associam hipnose à regressão e pensam que são a mesma coisa. Ledo engano que pode levá-los a rejeitar a ideia de fazer hipnoterapia online por receio de terem alguma catarse ou abreação que seja mais difícil de manejar remotamente.

Particularmente, não recomendo o uso da regressão na sessão online, ainda mais se for um cliente novo com qual não temos vínculo, conexão ou relação de confiança. No atendimento remoto, mais importante do que a técnica a ser utilizada é conseguir estabelecer uma relação de empatia com o cliente, para que haja confiança incondicional de sua atuação na hora de seguir sugestões e gerar as transformações necessários no processo.

Existem outras técnicas que são mais sutis e igualmente transformadoras e eficazes; sem precisar fazer o cliente regredir à causa através da emoção.  Dentre elas podemos citar o padrão de linguagem hipnótica, técnicas de transe conversacional, o uso de metáforas subconscientes, aplicação de perguntas poderosas, terapia de partes, ultra high… enfim, o repertório é grande e trazem opções mais seguras, tanto para o cliente, quanto para o terapeuta. 

Lembre-se que a hipnose é um estado natural da mente no qual o paciente usa o poder da imaginação para mudar sua percepção da realidade, já que o cérebro não distingue muito bem aquilo que é real, daquilo que é imaginário. A proposta aqui é tirar o cliente de um transe tóxico da doença para gerar um transe de empoderamento onde ele tenha uma atitude mental correta em relação a si, às pessoas e aos acontecimentos de sua vida; trazendo congruência e bem estar.

Hipnose online: é perigoso fazer ?

Assim como no atendimento presencial, é muito importante que se prevejam possíveis problemas que o atendimento com hipnose online pode gerar. Todos eles são facilmente contornáveis, aqui vai uma lista dos principais e como mitigá-los:

Problemas de conexão: é fundamental que ambos, cliente e terapeuta, estejam conectados a uma conexão estável de internet banda larga para evitar quedas. Recomenda-se ainda uso de cabos conectados diretamente ao roteador para não depender do sinal wi-fi.

Segurança: use uma plataforma que seja segura para atendimento online, particularmente recomendo o Skype que tem uma boa política de privacidade e segurança, mas existem outros.

Foco e interrupções: é mandatório o uso de fone de ouvido para melhorar o foco e concentração.  Se a chamada for feita do celular, coloque-o em modo avião para evitar entrada de ligações.  Se for feito do computador, certifique-se de que não tenha nenhum outro programa rodando em segundo plano e que possa gerar ruídos ou notificações.  Se morar com mais pessoas em casa, é importante avisar que não poderão acontecer interrupções em hipótese alguma. Procure um lugar da casa que fique o mais isolado possível dos demais.

Prepare-se previamente: conecte-se com 10 minutos de antecedência, certifique-se de que os programas necessários estão instalados e funcionando, ajeite a tela do computador ou celular de maneira que seja possível ver o rosto e o corpo do outro, isso ficará mais fácil de acompanhar reações fisiológicas e emocionais ao longo do processo.

Quais as vantagens de fazer hipnose online?

A hipnoterapia clínica tem abordagem de curto prazo, com previsibilidade de início, meio e fim, além de ter um processo único e direcionado ao problema do cliente, cujo protocolo é construído sob medida para cada caso.

Além disso, na hipnose online, há a comodidade de realizá-lo de sua própria casa, num ambiente confortável e onde o cliente já se sente seguro e acolhido.  Isso também elimina  tempo e gastos com deslocamento, facilita questões de acessibilidade. Em termos de custo-benefício, torna o atendimento financeiramente acessível a mais pessoas. É mais prático, não invasivo e super seguro de ser realizado.

Tudo isso sem mencionar o cenário atual da pandemia que nos colocou uma série de restrições de ir e vir por conta do COVID-19, o qual não sabemos se vai terminar, e nem quando vai terminar.  A hipnoterapia online ajuda a lidar com efeitos colaterais psicológicos do isolamento social, como angústia, medo, ansiedade, relacionamentos e tantas outros pontos que eclodiram recentemente.

Representação de alguns problemas que podem ser tratados com hipnose online

Fonte: Freepik

Quais casos podem ser tratados com hipnose online?

Não existem restrições de atendimento. Assim como na modalidade presencial, é possível atender remotamente um grande número de problemas emocionais como a TAG (transtorno de ansiedade generalizado), depressão, TEPT (transtorno de stress pós traumático), angústia, stress, procrastinação, compulsões, questões de relacionamento, fobias; dentre outros.

Contudo, o mesmo cuidado, ou talvez até um cuidado maior, será necessário quando for considerar um atendimento online. É fundamental que se busque por um terapeuta qualificado, certificado e que tenha expertise para poder de fato ajudar o cliente.  Desconfie de anúncios milagreiros que prometem cura rápida com precinho camarada, a crise traz à tona muitos oportunistas que se aproveitam da dor alheia e acabam prejudicando a imagem de profissionais que fazer um trabalho verdadeiramente sério, ético e correto. 

Se você ainda tem dúvidas sobre o atendimento online ou como encontrar um terapeuta qualificado, mande uma mensagem que ficaremos feliz em auxiliar.

E se você curtiu o artigo, compartilhe com as pessoas que se interessam pelo tema… até a próxima! 😉

Psicóloga, hipnoterapeuta Omni, practitioner em PNL e coach da mente.  Membro IBHEC (International Board Of Hypnosis Educational & Certification).  Pós-graduada em Gestão Estratégica de Pessoas, especializou-se em Transe Conversacional com Elisabeth Erickson, Neurociência aplicada ao comportamento humano e Psicologia positiva.   Acredita que o sentido da vida é encontrar o seu dom, e o propósito da vida é oferecê-lo, por isso, atua há 20 anos com desenvolvimento humano. É empresária e fundadora da Epopéia Ltda. Embaixadora da Rede Mulher Empreendedora em Campinas.  Voluntária Humanitarian Coaching Network que provê serviços de coaching para líderes da ONU e UNICEF.

X