Junte-se ao grupo de assinantes e receba dicas, e-books e artigos do HypnoPlace.



Hipnose na novela e a realidade de “O outro lado do paraíso”

Temos acompanhado recentemente a polêmica em torno do papel do coach, abordado na novela O outro lado do paraíso da rede Globo, que tem incomodado principalmente os Conselhos Regionais de Psicologia. E com razão. Afinal de contas, o profissional de coaching não está habilitado para tratar desse tipo de trauma – no caso, o abuso sofrido pela personagem Laura.

Mas este artigo vai além de explicar o que é coaching. Pois além disso, a advogada Adriana utiliza hipnose para acessar as memórias relacionadas ao que, inicialmente, estava ligada apenas a um pavor de tartarugas. Durante a regressão, Laura tem uma forte ab-reação, ou seja, uma reação emocional, ao acessar suas memórias de infância, pois é como se de fato ela estivesse revivendo aquele momento. Com isso, ela acaba se lembrando de outras coisas que aconteceram na mesma época.

Acessando memórias do passado

Hipnose na novela outro lado do paraíso

Desde o nascimento, nossa mente é programada (de forma similar a um computador) de acordo com as experiências que vivemos. São essas experiências que criam a nossa identidade e definem nossa maneira de ser e agir no mundo. Se sofremos algum tipo de trauma, isso pode ficar armazenado em nossa mente por anos sem que tenhamos consciência do fato ocorrido.

Depois, na vida adulta, um evento que nos desperte aquela sensação ruim pode acessar, de forma indireta, o mesmo registro emocional. Foi o que aconteceu com a Laura. Por ter sido abusada por seu padrasto na infância, toda vez que é tocada pelo marido, ela sente uma enorme repulsa a ele.

Como lidar com uma situação como essa?

Hipnose na novela outro lado do paraíso 01

É importante esclarecer que nenhum fato tem emoção em si. Emoção é a “interpretação” que a nossa mente dá a um evento. E, primariamente na infância, fazemos isso através das emoções muito mais do que pelo pensamento lógico e racional, que ainda está sendo constituído nessa fase da vida.

Obviamente que, ao falar de abuso sexual, estamos lidando com um dos mais delicados pontos que podem comprometer a saúde emocional de uma pessoa. Estar na posição de vítima, completamente indefesa, gera sensação de impotência mesmo em um adulto.

No caso especialmente das crianças, além de serem mais frágeis fisicamente, elas também são “esponjinhas emocionais”. Sua mente está absorvendo muito mais intensamente tudo o que acontece com elas. Se algo ameaça sua integridade física ou moral, ela não tem como se defender, mas isso fica registrado na mente subconsciente, causando o que chamamos de trauma.

Em alguns casos, uma situação ruim durante a infância não chega a afetar a vida da pessoa. Mas se ela sente essa mesma emoção em outros momentos, estes vão reforçando os anteriores até que, quando um gatilho aciona todo esse acúmulo emocional, um problema começa. É assim que são gerados problemas como obesidade, depressão, TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada), síndrome do pânico, fobias, compulsões e toda uma série de doenças emocionais e mesmo físicas com as quais não nascemos, mas são resultados do processo de autoproteção da mente subconsciente.

Em hipnose podemos acessar a causa desse problema na mente subconsciente para ressignificá-lo, e ao fazer isso, os sintomas tendem a desaparecer.

O papel do coach nesse contexto

Hipnose na novela outro lado do paraíso 02

Em processos de coaching não é isso o que trabalhamos. Essa metodologia serve, basicamente, para auxiliar o cliente a traçar metas, ampliar a visão sobre sua vida ou carreira e desenvolver competências para realizar um objetivo. O coach (profissional) exerce o papel de incentivador e condutor do processo, mas de forma alguma é ele quem diz o que o cliente deve fazer.

Aliás, essa é uma das premissas fundamentais do bom coach: fazer perguntas desafiadoras e utilizar ferramentas que façam com que seu cliente tenha insights e identifique as ações necessárias para sair da zona de conforto. Este é, portanto, um processo totalmente consciente de escolhas e tomada de decisão. Para o coaching, não interessa o passado, os porquês e justificativas que o cliente se dá sobre não ter conseguido algo, e sim quais ações ele precisa tomar no presente para obter os resultados desejados no futuro.

O problema é que em alguns casos, o que impede a pessoa de agir em prol de um objetivo é justamente um trauma armazenado em sua mente subconsciente. Pense, por exemplo, num profissional cujo objetivo é ser palestrante e falar para grandes públicos, mas só de pensar em subir no palco, suas mãos começam a transpirar, a respiração fica ofegante, o corpo todo treme e as palavras simplesmente somem da sua mente.

Quando um coach se depara com uma situação como esta, o que geralmente acontece é que o cliente se propõe a buscar alternativas para lidar com a situação. Desde fazer teatro, por exemplo, até acompanhamento terapêutico para ter maior controle emocional.

Algumas abordagens de coaching, inclusive, possuem ferramentas para lidar com uma questão como esta, mas nem sempre possuem a profundidade necessária para gerar mudanças duradouras. Em outros casos, um cliente de coaching pode experimentar mudanças em outros aspectos da sua vida, que não dizem respeito diretamente ao seu objetivo do processo, mas que de alguma forma também entram em movimento por conta da mudança de percepção sobre si mesmo.

Agora, e quando simplesmente ser abraçada e tocada por seu companheiro é algo que impede a pessoa de ter uma vida saudável, como é o caso da Laura? Que tipo de profissional ela deveria buscar? Certamente não seria um coach.

Parafraseando Einstein, um problema não pode ser resolvido no mesmo estado mental em que foi criado

Hipnose na novela outro lado do paraíso 03

Para que possam ser acessadas as memórias traumáticas que causam um problema no presente, é preciso usar a ferramenta adequada, e, neste caso, a Globo acertou ao se valer da hipnose para isso. Hipnose é o meio pelo qual podemos resgatar qualquer informação que esteja no subconsciente de uma pessoa. Para fins terapêuticos, buscamos aquilo que esteja ligado às emoções que precisam ser trabalhadas.

É importante dizer que esse é um processo totalmente consensual, uma vez que toda hipnose é auto-hipnose. Ou seja, é a própria pessoa que, seguindo as sugestões do hipnotista ou hipnoterapeuta, resgata o que está gravado em seu subconsciente – algo que não é possível tomar contato utilizando apenas a memória funcional. E é também um processo consciente, pois a pessoa sabe tudo que está acontecendo com ela durante uma regressão, por exemplo.

A inconsistência da novela diz respeito ao tratamento que (não) foi dado àquilo que Laura acessou, e por isso ela emergiu do transe extremamente emocionada e sem saber como lidar com a situação. Além de tudo, inicialmente ainda se sentiu culpada por ter sido molestada. Ter feito a hipnose regressiva com uma pessoa não capacitada para isso apenas trouxe à tona uma informação para dar seguimento à trama (a denúncia de Vinícius, padastro de Laura), mas deixou arestas no aspecto emocional da vítima.

Por se tratar de um assunto tão delicado e chegando às telas de milhões de brasileiros neste momento, caberiam alguns esclarecimentos sobre esse tipo de intervenção, e não apenas dizer que abuso infantil é crime.

O aspecto positivo dessa polêmica é oportunidade de falar sobre terapia e processos de transformação pessoal, já que até alguns anos atrás muita gente deixava de se consultar em um psicólogo, por exemplo, por dizer que era “coisa de louco”. Contamos hoje com diversas formas de gerar mudanças positivas na vida das pessoas, então continuar sofrendo por problemas que têm solução é uma escolha!

É importante então entender qual é o escopo e objetivo de cada metodologia para escolher qual é a mais apropriada para as suas demandas ou momento específico da vida. E claro, consultar a formação e experiência do profissional, para se sentir seguro em sua decisão. Neste vídeo você pode entender isso um pouco mais a fundo.

De forma resumida

COACHING: Processo com duração definida e focado em um objetivo específico do cliente. Geralmente as sessões são semanais com duração em torno de 60min. O profissional (coach) ajuda o cliente a ampliar sua visão sobre sua vida, respeitando o seu mapa de mundo. Ao final de cada sessão o cliente identifica as ações que ele deve tomar para se aproximar de sua meta, e se dá uma tarefa. Um dos objetivos é gerar autonomia no cliente para que ele possa seguir sozinho após o processo.

Evidentemente profissionais de diversas áreas podem se apoderar dessas ferramentas para ter melhores resultados, seja para motivar sua equipe ou para gerar maior engajamento de um cliente na terapia, por exemplo. Também existem metodologias de coaching que abrangem a mente do cliente como um todo, trabalhando a parte consciente com o coaching e a subconsciente com a hipnose.

HIPNOTERAPIA: Terapia que utiliza a hipnose para acessar informações do subconsciente. A hipnose também é utilizada por profissionais da saúde como dentistas e médicos para anestesia, controle da dor, melhor recuperação no pós-cirúrgico e mesmo parto sem dor.

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, hipnose é um processo ativo, ou seja, o cliente está consciente durante todo tempo e participa dele, dizendo ao terapeuta o que está acessando em sua mente para que este possa conduzir à terapia. Por se tratar de uma ferramenta extremamente poderosa, os resultados de uma intervenção desse tipo tendem a ser muito mais rápidos e duradouros.

Espero ter te inspirado a buscar a melhor forma de resolver os seus conflitos ou para buscar se desenvolver ainda mais! Afinal de contas, estamos aqui para evoluir, certo?

Coloque aqui nos comentários o que você achou sobre esse tema na novela, e principalmente como este artigo te ajudou a entender melhor este assunto?

Hipnoterapeuta OMNI, coach de vida, carreira e negócios, e sócia do Café com Coaching. Trabalha há aproximadamente uma década com desenvolvimento de pessoas, e desenvolveu nos últimos anos junto com seu sócio, Fernando Colella, o protocolo Coaching da Mente que utiliza hipnose para potencializar processos de coaching. Desde então tem obtido resultados muito mais rápidos com seus clientes, o que traz grande satisfação em sua missão de contribuir para a evolução das pessoas a sua volta.

X